CHI KUN

Contando com a presença do Mestre Marco Serra e Sifu Marcia Serra, a nossa palestra sobre o Chi Kun foi um momento muito especial para a nossa escola.

Mais de 50 alunos puderam presenciar os ensinamentos do nosso Mestre, que de forma clara e eficiente desenvolveu a teoria e prática do Chi Kun com nossos alunos.

Foram abordados todos os aspectos relacionados ao bem-estar e que influenciam diretamente na saúde física e mental e consequente elevação de espírito.

Após conferir as imagens, leia abaixo um resumo do que foi ensinado em nossa palestra.

 

 

 Energia Princípio da Medicina e Terapias Orientais

A palavra energia implica, por definição, em atividade. Energia é parte de todos os elementos que compõem nossa existência, animados ou inanimados. A matéria é energia.

Há milênios desenvolveu-se no Oriente um sistema relacionado à energia vital dos seres vivos, em especial do homem. Essa energia básica da vida é chamada de “Chi”. Chi não é um conceito místico ou filosófico. O fato de normalmente não o percebermos não quer dizer que não exista. Os cães ouvem ruídos inaudíveis ao ser humano. O ouvido treinado do músico capta nuances sonoras que o do leigo jamais percebe. Em Chi não se acredita, Chi se sente. É preciso treino, sensibilização. Através da prática do Chikun, do Tai Chi, da meditação zen, técnicas de massagens, entre outras, com o tempo, a energia se torna clara à nossa percepção. O Chi é a energia vital primária que também é mencionada no Prana (Yoga – Cura Prânica), na Aura (Espíritas), no Takion (Nova Era), no Espírito Santo (Cristãos) e no Ki (linha oriental dos japoneses).

 

Chikun

O Chikun possui diversas grafias (Chi Kun, Thikun, Ki Kung, Chi Kung, Qigong, Chi Gung, Tchi Gung, etc.) porém todas designam a mesma prática. São mais de 3 mil métodos de Chikun sendo que 161 estilos são considerados oficiais e são utilizados para cura em hospitais da China. O Chikun existe há, aproximadamente, 4 mil anos, e o primeiro livro encontrado sobre o assunto é de 700 a.C. (O Clássico da Medicina do Imperador Amarelo).

O estilo de Chikun desenvolvido em nossa organização é o Chung Wah Chi Kun (nome completo: Chung Wah Tao Yin Wan Yun King – China Caminho Chamado Combinação Energia Técnica), fundado em 1986. Foram encontrados em um túmulo com uma múmia, uma seda e uma panela de bronze nos quais estavam os movimentos práticos deste estilo e então foram resgatados.

O trabalho com energia demanda tempo, dedicação e treino por parte do praticante de Chikun. É importante pensar positivo para atrair energias positivas.

O Chikun se divide em duas categorias:

1. Duro

O Chikun Duro é voltado para Artes Marciais por ajudar a desenvolver a habilidade. É uma categoria sólida que trabalha com ondas grandes e intensas, exigindo muita disciplina do praticante. Pode ser apreciado a olho nu em demonstrações.

2. Leve

O Chikun Leve tem uma função terapêutica com uma penetração lenta e profunda. É uma categoria que altera a qualidade das coisas trabalhando com ondas finas, microscópicas, diminutas e delicadas. É utilizado para saúde, longevidade e evolução.

 

Hábitos

Alguns hábitos diários precisam ser educados para maior eficiência do trabalho com energia. Dentre eles a alimentação, o sono, a atividade física, os treinamentos interiores e a atitude mental.

1- Alimentação

A alimentação deve ser equilibrada, concentrada, calma e sem ansiedade. O ato de mastigar é o momento em que energizamos a comida, devemos mastigar ao máximo, os antigos orientais mastigavam cerca de 45 vezes a cada colherada.

Sempre que possível, é bom comer ao ar livre. O indivíduo, para se alimentar, deve considerar um momento sagrado, abençoar ou agradecer a comida, preparando o corpo, a mente e o espírito para a refeição.

O ideal que se mantenha intervalos de, no máximo, 4 horas entre uma refeição e outra, para que não haja grande demanda de energia na hora de digerir.

É interessante que se tome um café da manhã rico e forte, um almoço balanceado e um jantar leve para se ter um sono calmo e acordar com fome no dia seguinte. Entre as refeições principais, o indivíduo deve tomar lanches ou comer frutas para não manter intervalos muito longos.

2- Sono

Na hora do sono se trabalha a energia Yin. É um momento fundamental para reposição de energia sendo necessário um local arejado, tranqüilo e escuro, com uma cama adequada e confortável. Evite interromper o sono e procure ter 8 horas de sono diárias.

3- Atividade Física

O universo veio do movimento e o corpo tem que se movimentar. A atividade física ajuda no metabolismo, qualifica o sono e produz hormônios positivos.

“Corpo frágil não sustenta espírito forte”.

4- Treinamentos Interiores

É o momento de se dedicar ao desenvolvimento do indivíduo de modo que o mesmo se volte para dentro, sendo necessária a prática diária.

5- Atitude Mental

A atitude mental reflete principalmente a maneira de se encarar o mundo e, no caso do estudo de energia, o praticante deve ter sempre pensamentos positivos frente a todas as adversidades (sol, chuva, etc.) pois estará atraindo energias positivas.

 

Benefícios

Com o Chikun o praticante estará melhorando diversas condições como a aptidão física, as artes marciais, a saúde, a cura, habilidades paranormais, etc.

Para que haja um desenvolvimento físico, mental e emocional o praticante deve estar atento a tudo que acontece com o seu corpo em situações diversas como: caminhadas, nadar, massagem, artes marciais, banhos frios, danças, registros de sonhos, sexualidade, confiança, amizades, coragem, crianças, alimentação, exercícios, alerta da intuição, otimismo, visualizações, desenhar, brincar, colecionar, ambientes energéticos, lugares altos, tato, olfato, paladar, visão, audição, silêncio, rir e sorrir, pedras e minerais, alongamentos, tocar instrumentos, ouvir música, pintar, cores, roupas, fala, cantar, cuidar de plantas, animais de estimação, etc.

O Chikun possui níveis de desenvolvimentos diferentes, eles são:

1- Nível – Melhora condição física. Centrado no Tantien. Corpo aquece por dentro.

2- Nível – Goza-se de saúde e desaparecem doenças.

3- Nível – Dá-se o poder da cura.

4- Nível – Desperta-se a sabedoria do peito.

5- Nível – (Estado Vazio) Unifica-se, abre-se o terceiro olho, enxerga o mundo divino e o mundo dos espíritos. Pode se entrar neles.

6- Nível – Desenvolvimento espiritual.

7- Nível – Afasta-se deste mundo e descobre a verdade absoluta.