Curso de Nunchaku

O nunchaku se tornou popular no ocidente principalmente devido ao seu uso por Bruce Lee em uma cena de seu filme Enter the Dragon.

O nunchaku é frequentemente explicado como uma ferramenta antiga usada por fazendeiros para separar o arroz. Não há certeza de que o nunchaku fosse utilizado para este propósito. Uma ferramenta com um pequeno bastão ligado por corrente é o formato mais comum para isso, porém o formato ideal depende do grão que está sendo separado. Os objetos usados atualmente em artes marciais podem ter sido modificados por conveniência. Outra explicação comum é de que o nunchaku foi utilizado originalmente para guiar cavalos , sendo colocado na boca do animal. Enquanto isso é aceitável logicamente, o formato e os materiais utilizados teriam sido fortemente modificados para o uso em artes marciais.

O nunchaku é composto de duas secções de madeira (ou metal em encarnações modernas) conectados por uma corda ou corrente. Os nunchakus chineses costumam ser cilíndricos enquanto os japoneses costumam ser octagonais. O comprimento ideal de cada peça deve ser o tamanho do antebraço do usuário; o osso entre o pulso e o cotovelo. Tradicionalmente os dois fins são de tamanhos iguais (apesar de existirem nunchakus assimétricos).

Quando usado em combate, o nunchaku provê primeiramente a vantagem de um alcance maior para os ataques. Apesar de considerado difícil de controlar por muitos, a corda ou a corrente do nunchaku tem o benefício de permitir ataques de ângulos inesperados. Praticantes de estilos mais dinâmicos afirmam que o movimento do nunchaku é muitas vezes uma distração para seus oponentes, os quais podem ter problemas tentando seguir o movimento rápido do nunchaku. Além disso, o alcance do nunchaku é muitas vezes subestimado, mesmo pelos mais experientes com o seu uso.

Veja abaixo uma pequena cena do filme “Enter the Dragon”, onde Bruce Lee mostra sua perícia no manejo desta fantástica arma:

Abaixo segue uma montagem mostrando como poderia ser Bruce Lee jogando ping pong com Nunchaku ao invés de raquete.